Orquestra Clássica do Sul e Constantin Sandu (Piano)
"Modernismo Francês: Debussy & Poulenc"

08/ABRIL/2017
SÁBADO
LAGOS | CENTRO CULTURAL
21h00

Bilhetes: 10€
Duração: 60 minutos (+ intervalo)
Classificação etária: >6

C. DEBUSSY    Suite para Piano
                             Prelúdios para Piano
                                   (… Feuilles mortes)
                                   (… Ondine)
                                   (… Feux d’artifice)
                             L'Isle joyeuse
                             Petite Suite (arr. G. Davies para Quinteto de Sopros)
F. POULENC       Sexteto para Piano e Quinteto de Sopros, Op. 100

Orquestra Clássica do Sul
Constantin Sandu, Piano

O FIMA 2017 – Festival Internacional de Música do Algarve apresenta “Modernismo Francês: Debussy & Poulenc”, com música de câmara pelas mãos do pianista Constantin Sandu e de um quinteto de sopros da Orquestra Clássica do Sul.
A música francesa pós romântica enveredou por um caminho diferente para o Modernismo. Debussy e Poulenc, os compositores que ouvimos neste concerto, são dois bons exemplos. Debussy, na procura de novas linguagens transformadoras da música, deixou-se influenciar pelas estéticas simbolista (na Literatura) e impressionista (na Pintura), bem notórias nas obras pianísticas que compõem este reportório. Também Poulenc seguiu um caminho muito pessoal e eclético, expresso no “Sexteto para Piano e Quinteto de Sopros”.
A arte interpretativa de Constantin Sandu desenvolveu-se sob a influência dos seus mestres romenos, sendo dotado de uma distinta personalidade artística, que lhe valeu vários prémios internacionais e a participação em diversos festivais de renome.


Voltar