Orquestra Metropolitana de Lisboa
"Amores Impossíveis"

04/MAIO/2017
QUINTA-FEIRA
LOULÉ | CINETEATRO LOULETANO
21h00
Bilhetes: 12€

L. CARVALHO       Nise Lacrimosa
J. SIBELIUS           Pelléas et Mélisande, Suite, Op. 46
I. STRAVINSKY     Orpheus

Orquestra Metropolitana de Lisboa
Maestro: Luís Carvalho

O FIMA 2017 – Festival Internacional de Música do Algarve apresenta “Amores Impossíveis” com a Orquestra Metropolitana de Lisboa pela batuta do maestro Luís Carvalho.
Pedro e Inês, Pelléas e Mélisande, Orfeu e Eurídice... Histórias de amores proibidos que contam o drama de quem, na impossibilidade de viver sem «o outro», se entrega na comunhão da morte. Este programa espreita por essa frondosa janela e dá de caras com três obras musicais plenas de fantasia e densidade dramática.
O maestro Luís Carvalho começa por interpretar uma obra da sua autoria, “Nise Lacrimosa”, onde faz uma leitura do romance «puro» e «lamentoso» que uniu na eternidade Dom Pedro I e Inês de Castro.
Por sua vez, à semelhança de Fauré, Debussy e Schönberg, Jean Sibelius também compôs para o texto simbolista de Maeterlinck “Pelléas et Mélisande”. Por entre as águas sem vida do Reino de Allemonde, fez soar a música que se ouve na Suite Op. 46.
Por fim, Stravinsky deu azo à sua veia lírica no bailado “Orpheus”, que Balanchine levou à cena em 1948 a dois quarteirões de distância da Broadway de Nova Iorque.



Voltar